Eduardo Ruman (In Memoriam)
Diretor-Presidente
Administrativo e Empreendedor
Denise Ruman
MTB - 0086489
JORNALISTA RESPONSÁVEL
The Biggest and Best International Newspaper for World Peace
BRANCH OFFICE OF THE NEWSPAPER "PACIFIST JOURNAL" in MOROCCO
Founder, President And International General Chief-Director / Founder, President And International General Chief-Director :  Denise Ruman - MTB: 0086489 / SP-BRAZIL
President and General Director - Morocco / President and General Director - Morocco :  ZAKARIA EL HAMEL
Mentor of the Newspaper / Mentor of the Newspaper  :  José Cardoso Salvador (in memoriam)
Mentor-Director / Mentor-Director  :  Mahavátar Babají (in memoriam)
Last Time

Direitos Humanos / 24/11/2020


SUELI RORIZ Nossa Agente de Inteligência da WBI World Bureau Inteligency - WPO / Alta Comissária de Direitos Humanos em plena atividade

0 votes
Oi um prazer enorme estar mais uma vez com a Ministra Damaris. Foi tão combatida, mas não se intimidou e levou adiante com muita galhardia a sua missão. Parabéns Ministra, conte conosco no que precisar. Juntas somos fortes por uma Sociedade que luta pela reconquista de valores. Orgulho das Mulheres que fazem!

Ministra Damares e Sueli Roriz

MEUS AMIGOS BOM DIA!!

O fato que irei relatar aconteceu na cidade do RIO DE JANEIRO, e só não teve um desfecho mais trágico por nossa atuação. Por questões legais e protetivas não divulgarei as fotos das crianças.

Num destes domingos eu fui chamada por uma organização, para resolver o seguinte problema.

5 crianças, em idades diversas, a mais nova com apenas 5 anos e a mais velha uma menina de 12 anos. Estavam em cárcere privado e brutalmente torturadas pelo pai e a menina havia sido estuprada pelo mesmo por diversas vezes.

Fomos então um grupo, após passarmos no JUIZ de plantão e conseguirmos um mandato de busca e apreensão das mesmas. Encontramos as crianças sozinhas haja vista que o agressor estava de plantão, lamentavelmente era um policial militar. Adentramos então no local e pasmem, entre estarrecida e profundamente comovida, as crianças estavam num estado lastimável, o menorzinho de 5 anos até aonde eu pude contar, tinha 60 marcas de queimadura de cigarro por todo corpinho. Entre sufocando as minhas lágrimas, os levamos de imediato ao hospital mais próximo muito embora aquelas marcas já estivessem há dias. As demais crianças agarradinhas comigo foram me contando devagar tudo o que acontecera.

Após atendimento médico, levei-as para o juiz determinar em que abrigo ficariam, até decisão final. Enquanto colegas policiais partiam ao quartel para localizar o pai que a seguida fora preso. Passei meu domingo envolvida com esta questão, queria colocar a salvo aqueles pequenos seres. E daí em diante deixei de ter domingos. Haja vista que os irmãos foram separados em orfanatos diversos e eu continuei com minha luta para os reunir num lugar só, com toda segurança.

Acho que não preciso relatar a dor e o sofrimento que eles em tão tenra idade passavam. Sem outros membros da família, de repente me vi mãe, pai e protetora deles. Com muita persistência solicitei ao JUIZ a colocação dos mesmos em um só ambiente, pois juntos seria mais fácil de tentar suportar a dor. Conseguimos então um lar, de uma colônia alemã administrado por uma sra. em JACAREPAGUÁ.

Este lar, era uma espécie de acampamento, com escola, atendimento médico, odontológico, psicológico e lazer. Pais de aluguel iriam assisti-los , e eu por algum tempo acompanhei estas crianças e o seu desenvolvimento emocional.

Bem amigos, pode parecer piegas ou muito forte este relato, mas é preciso.

Estamos na campanha acirrada contra a violência em suas diversas dimensões, principalmente no combate a violência doméstica, só queria mostrar que se eu e meu grupo de trabalho, não tivéssemos atendido ao chamado, o que seria destas crianças? Este foi apenas um caso, dos muitos que presenciamos e agimos

Ao longo dos tempos. O não conformismo e não omissão pode salvar muitas vidas, entretanto necessário é política públicas atuantes e vigentes, uma polícia mais humana, a denúncia em tempo hábil e o socorro imediato. Um trabalho multiprofissional que nos leve aos resultados de nossas atitudes. Descentralização de poderes, mais união entre os diversos profissionais que atuam no atendimento de vítimas de violência.

Pela vida pela Paz sempre, não só o mercantilismo.

SUELI RORIZ

Nossa Agente de Inteligência da WBI World Bureau Inteligency - WPO / Alta Comissária de Direitos Humanos em plena atividade
Embaixador Celso Dias Neves
Presidente da WPO World Parlament od Secutiry And Peace


Comentários
0 comentários


  • Enviar Comentário
    Para Enviar Comentários é Necessário estar Logado.
    Clique Aqui para Entrar ou Clique Aqui para se Cadastrar.

Ainda não Foram Enviados Comentários!

Copyright 2021 - Jornal Pacifista - All rights reserved. powered by WEB4BUSINESS

Inglês Português Frances Italiano Alemão Espanhol Árabe Bengali Urdu Esperanto Croata Chinês Coreano Grego Hebraico Japonês Hungaro Latim Persa Polonês Romeno Vietnamita Swedish Thai Czech Hindi Você